domingo, 31 de março de 2013

Sem inspiração e agora?

Postado por Gabi Fonseca. às 14:34 2 comentários Links para esta postagem

Alguém sabe o dono dessa imagem linda?


Muita gente diz que gostaria de escrever algo  mas nunca encontrou inspiração, será mesmo que o segredo é sair por ai buscando? Ou ela virá naturalmente algum dia ou melhor haverá uma receita para encontra-la. Bom, receita pre-fabricada não existe, mas há certas coisas que você pode fazer para dar uma ajudadinha naqueles dias de bloqueio.

1- Leia, ouça músicas, busque por ilustrações:

Se inspirar é diferente de plagiar  então nada de ler algo em algum lugar e resolver copiar, viu? Mas você pode ler sobre algum assunto e dar seu ponto de vista, ou então escrever como seria se você estivesse na situação que tal música descreve. Que tal escrever uma resposta para algum texto que você viu por aí? Se  colocar no lugar de algum personagem? Também é interessante olhar desenhos e quadros é bastante fácil e divertido imaginar a história por trás daquela cena. 

2- Tenha um pasta com o nome "inspirações"

Quantas vezes você viu alguma ideia genial e pensou " caramba eu preciso fazer isso" mas depois acabou esquecendo? Então nada melhor que guardar essas ideias em algum lugar, eu recomendo você criar uma pasta em seu computador. Dá para dividir por estilos como maquiagem, cabelo, decoração, culinária, livros.  aí quanto você precisar de alguma ajudinha nessas áreas é só correr e olhar sua pasta. 

3- Tenha um caderno para anotações.

Fato é que nossas ideias mais brilhantes surgem do além, quando se está no banho ou  vendo aquele programa chato na TV e por vezes a gente pensa em fazê-las mas logo outra coisa toma  conta da mente e lá se foi a ideia. Por isso, comece a anota-las em algum lugar, um caderninho é o ideal, deixe-o sempre perto de você e nunca mais perderá aquela ideia genial (:

4- Use a internet a seu favor:

Como já disse na primeira dica você deve pesquisar, tá precisando de ideias para um festa de aniversário? Pode apostar que tem zilhões de blogs com dicas, então procure por eles e aproveita pra salvar as mais interessantes na sua pastinha de  inspirações.  Tudo é questão de deixar a preguiça de lado.

5- Não tenha medo de errar:

Tenho certeza que você já teve uma ótima ideia mas resolveu deixar de lado porque achou que não seria capaz. Bobagem, ninguém nasce sabendo a prática leva a perfeição. Quer escrever bem? Primeiro escreva! Quer desenhar bem? Saiba que o Da Vinci deve ter começado fazendo bonequinhos de pau. então não tenha receio de fazer as coisas. 

terça-feira, 26 de março de 2013

Seriado brasileiro baseado em Edgar Allan Poe

Postado por Gabi Fonseca. às 05:44 2 comentários Links para esta postagem



E aí, como estão?  A televisão brasileira aos poucos veem investindo mais na produção de séries ( Graças a Deus)  e hoje eu fiquei sabendo de uma que me deixou bastante empolgada. " Os contos de Edgar" será uma série transmitida pela Fox, seu enredo é baseados em contos do escritor Edgar Allan Poe nos tempos atuais, mas mantendo a atmosfera de terror presentes nos textos originais. 
A série foi gravada em cenários paulistas, explorando um lado menos conhecido da capital e fugindo dos clichês de filme de terror: construções velhas e mal assombradas. Sua estréia será no dia 02 de março e ela terá cinco episódios.

A produtora que criou a série foi O2  com direção geral de Pedro Morelli , Edgar é vivido por Marcus de Andrade e é um paulistano que após o desaparecimento de sua mulher e ter seu bar lacrado pela prefeitura está passando por várias dificuldades.  O primeiro episódio é inspirado no conto Berenice e tem a participação de Gaby Amarantos que viverá uma cantora com problemas de autoestima por ter dentes feios. Seu primo a ajuda indo ao dentista, porém ocorre um problema e seus dentes começam a apodrecer, obcecado pelos dentes da garota o primo tenta a impedir de arrancá-los. Olha só o trailer:


Bem legal, néh?  Ta aí pra mostrar que não é só de favela e violência que vive as produções nacionais. (= 
Agora, se você nunca leu nada do Poe que tal começar aqui  e se quiser saber algumas curiosidades sobre ele é só clicar aqui ^^ 

segunda-feira, 25 de março de 2013

Só um conselho...

Postado por Gabi Fonseca. às 07:25 0 comentários Links para esta postagem


Até parece que você pensou que iria ser sutil,  não tirou os olhos de mim a noite toda, sutileza e descrição é o oposto de suas ações. Me diz, com que tipo de garota você anda flertando? Porque está tão, mas tão na cara que você é um cafajeste que é preciso fazer esforço para ignorar isso.
Eu te vi desligando o celular e escondendo sua aliança... qual será a desculpa de hoje? Saiu com os amigos? Trabalhou até tarde? Como se ela realmente fosse acreditar. Tudo isso é um jogo no qual ela te perdoa e acredita que você vai mudar enquanto você finge que está no comando, enganando-a por todo esse tempo.
Só que um dia ela vai se cansar de todo esse teatro, é como um castelo de cartas, um pequeno vento e tudo desmorona e aí, você terá de achar uma nova peça para o seu jogo. Mas como fazer isso depois de ter todas as cartas expostas, após revelar como você realmente é?
Não, nem a conheço mas é tão fácil ver que você tem uma garota de esperando em casa, então porque você não para com essa encenação, você nem mesmo é um bom ator....  Vamos lá, ligue para ela, peça desculpas, quem sabe as coisas não mudam... É só um conselho antes que ela desista de você;

terça-feira, 19 de março de 2013

Música: Maurício Gomyde.

Postado por Gabi Fonseca. às 07:17 0 comentários Links para esta postagem
Oiii todo mundo, tudo certo? Primeira coisa, ontem não teve post por um motivo meio ridículo : falta de mouse ._. Yep, meu notebook está nas últimas e eu só consigo usa-lo com um mouse, mas ontem minha mãe acabou levando ele e ficar sofrendo com um touchpad ruim não dá, néh? Maas chega de desculpas e vamos ao que interessa.
Hoje a indicação é de um escritor nacional que já tem três livros publicados e planos de tradução de um deles para língua inglesa o Maurício Gomyde, eu ainda não li nada dele mas só vi comentários positivos e seus livros já entraram pra minha wishlist <3  Além do trabalho como escritor ele também é compositor e suas músicas são gostosas de ouvir, cheias de sentimentos e transmitem uma paz ou seja o que você está esperando pra dar play? As canções são interpretadas  Indiana Nomma , além de ter a presença de músicos como Kiko Peres, Renato Lourenço, Ricardo Cruz, Henrique Rocha e Giovanni Sena.
Eu tenho a teoria que escrever música é bem mais difícil do que textos então se as músicas dele já são bonitas não vejo a hora de ler algum livro, quando eu ler eu venho comentar com vocês ^^v




Saiba mais sobre o autor:
Facebook
Blog
Twitter


sexta-feira, 15 de março de 2013

Filme: Oz - mágico e poderoso.

Postado por Gabi Fonseca. às 06:53 3 comentários Links para esta postagem


Oi todo mundo, como estão?  Antes de falar sobre esse filme é inevitável lembrar do filme O mágico de Oz de 1939, a começar pelo inicio  do filme que está em preto e branco, assim como no clássico. Essa sequencia conta a história de Oscar Diggs, um mágico de circo conhecido como que após ter arrumado confusões tem que fugir em um balão e acaba  indo parar em Oz.


Ao chegar no mundo de Oz ele descobre que há uma profecia que diz que um dia um mágico com o mesmo nome do Reino irá chegar e ajuda-los a derrotar a Bruxa má, além de trazer paz ao reino. E é obvio que como a personagem de Oscar é um grande aproveitador ele irá se passar pelo poderoso mágico.
 O mundo de Oz está incrivelmente bonito, a impressão que dá é que fizeram uma mistura com o país das maravilhas de Alice, todas as visões panorâmicas são de encher os olhos. Mas a falta de profundidade na história limita-o a isto: um filme visual.
Seu enredo é bastante previsível e lembra bastante Alice no país das maravilhas do Tim Burton, uma terra governada pelo mal, uma profecia e um herói que vai amadurecendo ao longo do filme. E apesar de não possuírem os direitos do filme, apenas do livro O mágico de Oz, era possível a criação de uma história mais rica. Além  disso o filme não se parece com os outros de Sam Raimi, a assinatura do diretor é notada em poucas cenas ( a derrota de uma das Bruxas, lembra a velha de Arraste-me para o inferno <3 )  o que o torna apenas mais um filme da Disney com fantasia e lição de moral.
Emfim, é um filme divertido, bonito e dá pra perder algumas horas com ele sim. Ainda mais se você conhece a história de O mágico de Oz porque apesar de tudo, o filme te dá aquele sabor de nostalgia.

terça-feira, 12 de março de 2013

Série: Bunhead.

Postado por Gabi Fonseca. às 07:59 0 comentários Links para esta postagem


Oi todo mundo, tudo bem? 
Aposto que muita gente está órfã de Gilmore Girls - que é uma das minhas séries preferidas- apesar de seu último episodio ter passado a bastante tempo não é comum encontrar personagens tão encantadores como as garotas Gilmore. Aí que a noticia da estréia de Bunheads, criada por Amy Sherman-Palladino, traz a esperança de ver todo aquele charme de volta.
E sim, a série conta com o cenário de uma cidade do interior, a Paradise, conta com diálogos rápidos e piadas no timing certo, além de lindas coreografias, afinal Bunheads significa alguém que é aficionado por ballet.
 Dessa vez conhecemos a Michelle um ex-bailarina que trabalha em um cassino em Las Vegas, que após ter mais um de seus sonhos destruidos resolve cometer uma loucura: se casar por impulso com um cara que sempre a admirou e sempre a convidava para sair.


Depois do casamento os dois se mudam para Paradise e lá encontram várias dificuldades, o arrependimento do casamento, a adaptação em um novo ambiente, a mãe megera de seu marido que dirige um estúdio de dança. Além desse plot principal tem as meninas que fazem ballet no estúdio, com suas estórias leves e divertidas. Aqui está o trailer da primeira - e por enquanto- única temporada.


E aí, alguém já viu a série? O que achou? Só eu fico com vontade de dar piruetas depois de ver um episódio?

segunda-feira, 11 de março de 2013

Livro: O fantasma de Canterville.

Postado por Gabi Fonseca. às 06:42 0 comentários Links para esta postagem


Oi todo mundo, tudo certo?  Hoje  a pseudo-resenha é sobre  um livro muito gostoso de ler e em uma edição muito bem feita "'"O fantasma de Carnterville" conta a história da família de um Diplomata americano que se muda para a casa assombrada pelo fantasma do Lorde Simon. Todos avisaram a família Otis que eles corriam grande perigo, pois o fantasma era aterrorizante e inclusive já tinha matado pessoas de susto, mas como eles não acreditavam em tais coisas, acabaram se mudando.
Na primeira noite o fantasma tenta assusta-los mas ninguém fica com medo, pelo contrário os gêmeos, os caçulas da família, começam a pregar peças no pobre fantasma e ao final ele é quem acaba com medo e frustrado.


O livro é um clássico da literatura inglesa, bem rápido e fácil de ler, o humor crítico de Oscar Wilde deixa o texto bem divertido e o leitor chega a ficar com pena do fantasma. Quando se presta um pouco de atenção também é possível encontrar criticas à sociedade inglesa da época.
A edição que eu tenho é da editora Leya pelo selo barba Negra  e só tenho algo pra dizer: o livro está lindo. O objetivo dessa coleção é despertar nos mais jovens a vontade de ler clássicos, por isso a edição é bem colorida e conta com ilustrações muito legais. Super recomendo o livro.



"- Meu querido Hiram - exclamou Sra. Otis -, o que podemos fazer com uma mulher que desmaia?
- Desconte dela como perdas e danos - respondeu o diplomata - Assim, ela não voltará a desmaiar."


Título: O Fantasma de Canterville
Autor: Oscar Wilde
Editora: Leya
Edição: 1
Ano: 2011
Idioma: Português
ISBN: 978-85-8044-269-4

domingo, 10 de março de 2013

Sexta a noite = sozinha.

Postado por Gabi Fonseca. às 11:19 0 comentários Links para esta postagem


Você já se sentiu completamente sozinho, do pior jeito possível, aquela sensação de abandono, que todos os seus amigos te deixaram mofando em casa num sábado à noite, que todos os seus conhecidos te deixaram mofando em casa o resto de sua vida?  Então você balança a cabeça e pensa "chega de drama" passar um dia sozinho não é tão ruim assim, mas você sabe que o nó em sua garganta não está ali a toa, você sabe que nunca foi do tipo de fazer amizades e também sabe que já sofreu tanto por se isolar do mundo.
Resolve virar esse jogo, liga pra um, está ocupado, o outro sem dinheiro, mais outro já tem planos e até te convida - por educação, claro-  mas você sabe que se  a quisessem lá o convite viria horas antes.  Como sua  última esperança,  você fica online em todas as redes sociais, "alguém deve vir falar comigo, certo?" Ninguém. Até tenta puxar conversa mas nada que ultrapasse o roteiro inicial de "tudo bem e vcê, novidade?"
Farta de tudo isso, só te resta pedir consolo para um pouco de chocolate e um bom filme, noites com essas companhias não são noites completamente perdidas e além do mais no próximo final de semana tudo vai mudar. Você tem certeza que vai, você fará com que mude....


( você pensou isso semana passada).









sábado, 9 de março de 2013

Amigos de coração

Postado por Gabi Fonseca. às 09:14 0 comentários Links para esta postagem



Eu tenho alguns amigos com os quais eu mal falo, uma frase aqui, uma lembrança outrora, mas a certeza de que eles contribuem para a minha felicidade. Não importa quanto tempo a gente fique sem se falar, toda vez que eu ler algo eu lembrarei deles, certa música me lembra a menina de sorriso fácil e cabelos cacheados. certa poesia me lembra o garoto fofo apaixonado por palavras. Eles estão na categoria amigos de coração, eu não conheço toda a suas história, mas aí que está a graça, cada conversa uma nova descoberta e consolidação do sentimento.
E tudo isso prova que amizade é coisa de alma, transcende espaço, lugar e tempo e só diz respeito ao coração.

sexta-feira, 8 de março de 2013

Palavras e sonhos.

Postado por Gabi Fonseca. às 06:23 0 comentários Links para esta postagem

Bruna Vieira.


Até parece que as palavras correm nas minhas veias, ao invés de hemácias eu tenho adjetivos e substituindo os glóbulos brancos estão os substantivos, E por esse motivo as palavras se juntam no meu coração, formando frases, essas frases vão para meu cérebro e tudo isso culmina em sonhos. Sonhos esses que me motivam a fazer o que eu quero. 
Foi de certa forma, uma surpresa quando essas palavras começaram a tomar forma, quem diria que eu a garota do interior estaria indo a Paris? Quem diria que eu iria ouvir alguém dizendo que se emocionou com um texto meu?  Foram apenas poucos anos mas que com certeza mudaram minha vida.
Hoje já faz algum tempo que eu me mudei, as inspirações mudaram, os cenários são diferentes mas essa paixão pelas palavras não para. Pelo contrário, ela aumenta a cada dia. É como se cada palavra que eu já imaginei estivesse se tornando matéria e virando uma escada, da qual cada degrau me deixa mais perto do meu objetivo e quando é o limite? Não sei, tem aquela frase clássica de " o céu é o limite", então para mim o limite é as estrelas, pequenos faróis que me guiam.

quinta-feira, 7 de março de 2013

Série: Awkward.

Postado por Gabi Fonseca. às 06:05 0 comentários Links para esta postagem


Oi todo mundo, tudo certo? Já faz bastante tempo desde que eu indiquei uma série aqui então hoje eu resolvi falar de Awkward. Essa série estreou em  Julho de 2011 na MTV e tem feito  muito sucesso. A estória conta a vida de Jenna Hamilton que passa a chamar atenção no colégio após ela sofrer um acidente e pensarem que ela tentou se matar ( acena do acidente é ótima!). 


Além disso ela é apaixonada por Matty o cara mais popular e cobiçado da escola, e que não quer assumir seu relacionamento com Jenna.
Pra completar tudo isso ainda tem a Sadie, típica vilã que só quer atrapalhar a vida da garota e o Jake que é amigo de  Matty e também está afim de Jenna. Olha triângulo amoroso aí xP

O legal da série é que mostra o dia a da na escola, as vezes um pouco exagerado mas nada de glamour, as personagens falam palavrão, fazem idiotice e se divertem, como qualquer um que está no Ensino Médio. Por enquanto ela tem duas temporadas e cada episódio tem 20 minutos, então nada de preguiça porque é curtinho e muito divertido ;)

Título: Awkward.
Criador: Lauren Iungerich
Música: Brad Joseph Breeck
Fotos: Steve Gainer, Eric Haase
Ano: 2011/2012
País: EUA
Gênero: série de TV de comédia,
Duração: 20 minutos
Elenco: Ashley Rickards (Jenna Hamilton), Beau Mirchoff (Matty McKibben), Brett Davern (Jake Rosati), Nikki Deloach (Lacey Hamilton) e outros.









quarta-feira, 6 de março de 2013

Receita: Brigadeiro de morango.

Postado por Gabi Fonseca. às 06:19 0 comentários Links para esta postagem


Olá (:
Aí que eu estava um dia desses com vontade de doce, um doce novo e praticamente não tinha ingredientes aqui em casa ( a vontade de ir ao mercado era nula), Então fui até a cozinha vi que tinha gelatina e leite condensado e pensei  " porque não?"  e assim eu fiz um delicioso brigadeiro de morango *-* 
Olha aí a receita :

INGREDIENTES.


  • Um caixa de leite condensado
  • Um pacote de gelatina ( eu usei morango, mas você pode escolher qualquer sabor).
  • Um colher de manteiga ou margarina.
MODO DE PREPARO.

Despeje o leite condensado em uma panela e acrescente o pó da gelatina, recomendo colocar 2/3 do pó se não o sabor artificial fica meio forte, mas isso é pessoal. Mexa tudo ( calma, ela não vai dissolver completamente), e acrescente a colher de margarina. Leve ao fogo e continue a mexer. O ponto é quando começa a desgrudar do fundo da panela, igual brigadeiro normal. Retire do fogo, coloque no recipiente onde será servido e leve pra gelar, quando mas gelado melhor.
E tá pronto, espero que gostem da receita fácil gostosa diferente e rosa :3





terça-feira, 5 de março de 2013

Livro: Lonely Hearts Club.

Postado por Gabi Fonseca. às 09:03 0 comentários Links para esta postagem


Oi todo mundo, como estão? Hoje o post é sobre um livro muuito divertido, ainda mais para os fãs de Beatles. Primeira coisa que você precisa entender é: esse livro é entretenimento  nada de estória muito profunda, nada de reflexões sobre a vida. É apenas para passar um tempo se divertindo, a leitura é rápida e fácil, dá para prever o final mas não deixa o livro chato.
A primeira vista, se você não conhece a referencia do título livro ( o álbum Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band ) ele pode parecer mais um romance bobo, ainda mais com o subtitulo " Porque ninguém precisa de um namorado para ser feliz". E confesso que ter uma indicação da Stephene Meyer não contribui muito pra eu me simpatizar com o livro. Maas não tem como resistir a recriação  do Disco Abbey Road na capa nem ao nome da personagem principal, Penny Lane.
Os pais dela são super beatlemaniacos, certas horas até um pouco caricatos mas isso só deixa o livro mais divertido. Essa paixão deles explica a origem do nome de Penny, que também herdou esse amor pelo quarteto.



O lonely hearts club ou seja, clube dos corações solitários é um clube fundado por Peny. A ideia surgiu quando ela teve seu coração partido por um amor de infância e decidiu que não teria mais um namorado e que os garotos são a escória da humanidade Logo várias garotas se juntaram a ela e o LHC começou a se tornar algo grande e especial.

O legal na estória é ver como a Penny amadurece e como é importante a amizade. Além, é claro, das referências aos Beatles. 
O livro está com uma edição super fofa,  páginas amarelas e diagramação excelente, dá ate gosto de ler :P
Recomendo o livro pra quem quer algo para se distrair durante uma tarde e não só para os fãs do quarteto, mas sim para aqueles que querem conhecer um pouco mais deles. No meio do livro há trechos de música e sempre que eu as via eu tinha de procurar a música pra ler ao som delas xD  E aí, o que acham do livro? Já leram? 
E claro, pra terminar um vídeo com umas das minhas músicas favorita deles <3



Livro: Lonely Hearts Club
Páginas: 238
Autora: Elizabeth Eulberg
Editora: Intrínseca




segunda-feira, 4 de março de 2013

Você é especial.

Postado por Gabi Fonseca. às 09:12 0 comentários Links para esta postagem



Todo mundo já passou por aqueles dias em que se sente mais do mesmo, que nada se encaixa, nada faz sentido e a vontade é que tudo ao redor exploda, maas calma, isso passa é só um dia ruim e você pode muda-lo. Já parou para pensar em quantos dias você desperdiçou de cara fechada? Então se esse é um desses dias, vem comigo se animar! Preparei uma seleção de músicas pra te lembrar de quão especial e linda (o) vcê é. Lembre-se, eu acredito em você e o céu é o limite  ( ou além dele, se você quiser ser um astronauta ;) ). Então aperte o play, comece a cantar e saiba: Você é uma pessoa incrível. 















 

Coisas Frágeiis Copyright © 2012 Design by Amanda Inácio Vinte e poucos