segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Canias do Youtube sobre Ballet

Postado por Gabi Fonseca. às 15:42 0 comentários Links para esta postagem

Vocês já sabem da minha paixão por ballet, certo? Hoje u vim para compartilhar alguns canais do Youtube que falam exatamente sobre isso. Acho muito legal acompanhar as histórias de outras bailarinas ( profissionais ou não), dicas e aprendizados. Espero que vocês gostem


Bre Ribeiro ~ Coque&Sapatilha

Acho a Brenda super engraçada,  conheci o canal dela por meio de um vídeo sobre sapatilha de ponta e logo me inscrevi. Adorei!

Passos de bailarina


Eu acho essa menina muito fofa, sempre aborda assuntos interessantes e tem bastante vídeos de perguntas e respostas. Além de ballet, ela fala sobre o universo da beleza, vale a pena dar uma olhada.

Mari Santarem ~ Viiixxxen

 O Canal da Mari não é voltado apenas para o ballet, porém ela foi umas primeiras meninas que eu vi começando o ballet a vida adulta. Ela faz uma série chamada Papo de Sapatilha e com certeza foi um dos meus incentivos para eu começar o ballet.

CincoSeis SeteOito


Foi o primeiro canal exclusivo sobre ballet que eu encontrei, sempre tem vídeo novo e é cheio de conteúdo. Adoro as meninas e sempre fico ansiosa por vídeo novo.


The Amazing Cliche


Outra fofura de canal, ainda tem poucos vídeos, mas eu adoro o jeito que a Mariana explica e grava os vídeos.

Dancewithmary NYC


Esse canal tem dicas maravilhosas, entrevistas e curiosidades.Quando eu o descobri, assisti todos
os vídeos de uma vez hahaha. Se você entende inglês tem que ver.

Kathryn Morgan
 Um dos meus canais favoritos, tem dica de maquiagem, exercícios e lifestyle, recomendo muito. Está em inglês, mas mesmo que você não saiba a língua dê uma olhada nos vídeos com exercícios, são excelentes.

Live On Pointe



A Clarissa tem uma história incrível de superação, seus vídeos são sobre autoestima, condicionamento físico, e estilo de vida. Também está em inglês.

E vocês conhecem algum outro canal que fale sobre ballet?

Planner: O que é e onde comprar

Postado por Gabi Fonseca. às 06:25 0 comentários Links para esta postagem



Oi, tudo bem?

    Quem me conhece sabe que eu sou muito desorganizada/bagunceira, e no inicio de 2015 eu decidi que iria mudar essa situação, comecei pesquisando e acabei descobrindo o universo dos planners. Ao contrário de uma agenda, o planner possui mais espaços para se preencher, não tem apenas os dias, mas um calendário com uma visão geral do mês e da semana. Os dias também podem ser divididos por período (manhã, tarde e noite) e tudo isso facilita o planejamento a longo prazo.

Okay, mas eu não posso fazer isso com uma agenda?

    Olha, eu acho que se você não possuir necessidades específicas, até dá. Talvez você possa imprimir um calendário mensal (como o da foto)  que vai te ajudar a controlar os compromissos do mês e continuar utilizando o espaço normal das agendas, minha única ressalva é que eu sempre achei o espaço diário das agendas comuns pequenos, mas isso vai de pessoa para pessoa.

Mas e onde comprar?

     Utilizar planners ainda é algo meio recente aqui no Brasil, então se você procurar irá encontrar muita referência a marcas estrangeiras, a boa noticia é que não é cobrado imposto sobre papel,  porém você precisa esperar o tempo de importação e pagar em dólar.
    Entretanto, já existem algumas lojas que importam e outras que estão produzindo planner aqui no Brasil. Acredito que com o tempo esse produtio fique mais barato, mas lembre-se: é um investimento por um anos (ou mais).

Lojas:

Erin Condren: Uma das mais famosas, é só procurar no Youtube que você encontra milhares de resenhas sobre ele, o site entrega para o Brasil e o Planner possuí dos design: horizontal e vertical. Ah, da pra personalizar a capa e possui vários acessórios pra ele.

The Happy Planner: Outro super famoso, acho ele lindo e a loja também entrega no Brasil e, é super personalizável. Mas se você não quiser importar sozinho,  dá pra comprar aqui.

Pony brown: é um Planner oriental, pequeno (dá rpa levar na bolsa tranquilamente), e tem um preço bem amigável. Eu tentei usa-lo mais achei o espaço pequeno (gosto de listar tuuudo que farei no dia). Dá pra comprar pelo Aliexpress. Existem, ainda, algumas lojinhas que importam esse produto como a La Papeterie e a Prateleira de cima.

Paperview : O primeiro planner que eu vi, achei lindo. Papelaria fina, sabe? E vem com várias coisinhas personalizadas A loja é brasileira.

La pomme: Foi o planner que eu escolhi pra mim (ainda não chegou. Também é super personalizável e eu achei o valor justo. Assim que chegar eu faço um post contando um pouco mais da minha experiência. Ah, eles também vendem a versão para download.

Rabiscos da mente: Planner com capa de tecido, estilo fichário e também dá pra personalizar o miolo, a loja também é brasileira.

Achei caro/não gostei desses, não dá pra eu fazer um desses?

      Claro que dá! Se você entender de design pode criar o seu do jeito que você quiser, mas se você não tem talento para isso não se preocupe: existem vários planners  prontos pela internet, é só escolher o que mais lhe agrada e imprimir. Fiz um painel no pinterest onde coloco os que eu acho mais interessantes,

        E aí, gostaram dessa nossa mania?





sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Vale a pena? Paleta de blushes Benefit -Cheeky Sweet Pot

Postado por Gabi Fonseca. às 09:25 0 comentários Links para esta postagem



Olá, tudo bem? Há quase um ano a Benefit lançou como edição especial de Natal a paleta Cheeky Sweet Pot, contendo seis blushes ícones da marca, uma amostra de iluminador e um pincel, tudo isso em uma embalagem linda que imita uma casinha de bisicoito de gengibre, tem como ser mais fofo?
À época eu consegui comprar pelo mercado livre e achei o preço bem justo: R$ 180,00, considerando que esse era praticamente o valor de um blush unitário, infelizmente acredito que seja quase impossível compra-la hoje em dia. Mas então,  por qe eu resolvi escrever sobre ela agora? Porque eu vi nos últimos lançamentos da Sephora que vai ter outra paleta de blushes,bem similar a essa e talvez lhe ajude a decidir se vale a pena ou não. 



O que eu achei dela?
Como eu já disse, venho usando essa paleta há quase um ano e achei que a compra foi um ótimo investimento,  os blushes vem em um tamanho menor que na embalagem original, mas até agora nenhum começou a aparecer o fundinho, sabe? E olha que eu uso praticamente todos os dias.  Acho, também, uma ótima opção pra quem ama trocar de bush sempre. A duração deles na pele é muito boa e eles aplicam de uma maneira natural, fica bem "esfumado", parece pele de rycha.
A amostra do iluminador what's up, também está durando bastante, mas essa já aparente estar chegando no final do produto, mas ainda acho que vai durar por um bom tempo.

Pra quem eu não recomendo?
 Quem já tem uma vasta coleção de blushes, talvez não use tanto todos eles, ou aquelas que já encontraram o blush da vida e não trocam por nada. Também acho que se você tem a pele mais escura, é melhor analisar as cores, algumas são bem clarinhas e na pele negra deve servir apenas como um iluminador. Dá pra construir camadas, mas acho que dá um pouco de trabalho e não sei se eu pagaria tão caro por iluminadores...

Mas e a paleta nova?

Imagem divulgação

A única cor que não tem nessa paleta nova é o bella bamba, um rosa cor de melancia lindo, mas em seu lugar vem uma miniatura da máscara de cílios They're Real e o delineador da mesma linha, eu ainda não usei os dois, porém, já ouvi falar muito bem deles. Imagino que o tamanho seja bom, afinal a benefit vende essa miniaturas separadas. 
Outra coisa é que esse box deve ser um pouco mais simples de transportar, o que eu tenho tem aquele "telhado" (que até dá pra tirar, porém acho lindo e deixo) que ocupa um pouco mais de espaço na mala. Nenhum deles dá pra levar no dia-dia, mas acho ótimo pra viagens, aliais o Real Cheeky Party da pra fazer uma make completa, só usar alguns blush como sombras.
O valor previsto para o Kit é de RS 210, 00 e vai entrar na Sephora agora em novembro, então é bom ficar de olho que esgota suuper rápido.
E vocês gostam dos blush da Benefit? O que acham dessa paleta linda?

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Filme: Trailer de Alice através do espelho

Postado por Gabi Fonseca. às 14:04 0 comentários Links para esta postagem



Muita gente não sabe, mas aquela animação de Alice da Disney é uma mistura entre as duas histórias envolvendo a personagem: o Alice no país das maravilhas e o Alice através do espelho e, é baseada nessa segunda história que se passa o novo filme dirigido pelo Tim Burton. Vejam o trailer que saiu hoje:

Sinceramente, eu ainda não sei como me sentir sobre, achei o filme visualmente muito lindo, porém não sei sobre a consistência dos personagens. Espero muito me surpreender com ele.
E vocês o que esperam pra esse filme novo?


quarta-feira, 22 de abril de 2015

Livro: A menina que não sabia ler- John Harding

Postado por Gabi Fonseca. às 08:04 0 comentários Links para esta postagem


Antes de falar do livro, eu preciso dizer que achei a decisão da editora meio estranha com essa série, pois o título no original é o nome dos personagens principais " Florensce e Gale" e não havia motivo para a traduzir como " a menina que não sabia ler". Pesquisando um pouco, descobri que existe uma continuação dessa história chamada "The girl who couldn't read" e que a mesma editora traduziu como "a menina que não sabia ler volume 2". Desnecessário, não?Além disso, a atmosfera feliz e pacifica das capas me incomoda bastante  porque transmite ao futuro leitor um impressão erronia do livro.

Baseado em a volta do parafuso, o livro conta a história dos órfãos de mães diferentes Florence e Giles que vivem numa mansão sustentada por um tio, que nunca aparece, e comandada pelos criados. Nesta casa eles recebem todo o cuidado que precisam, entretanto Florence é proibida de aprender a ler. Escondida, a menina começa a frequentar a biblioteca da casa e muito esperta, logo aprende a ler suas primeiras palavras.

O livro é dividido em duas partes, a primeira mais leve e narra da saga de Florence para aprender a ler, na segunda o ambiente fica mais sombrio e a protagonista começa a ter pesadelos com uma mulher tentando atacar seu irmãozinho. Os sonhos se torman mais corriqueiros e um acidente muda a rotina da casa, a tutora de Gile se afoga no lago da propriedade e a mulher enviada para substituí-la começa a assustar Florence e a faz lembrar dos sonhos.

Encontrei alguns problemas na tradução, ademais, a leitura é um pouco arrastada no começo, mas acredito que a conclusão da história valha a pena. Mas acho que é preciso deixar claro que nada é o que parece e dependendo do jeito que você interpretar a história ela pode tomar um rumo bem diferente.

Também acredito que se você gostou deste livro compensa buscar a história que inspirou o autor a contar a história dos gêmeos.

E vocês já leram? O que acharam?

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Livro: Trilogia Fronteiras do Universo

Postado por Gabi Fonseca. às 05:58 0 comentários Links para esta postagem


Às vezes eu, como leitora, crio uns hábitos meio malucos e um deles é que as capas tem que combinar. E isso não é tão simples assim, elas devem ficar lindas na estante e se eu sei que existe uma edição mais bonita do que a que eu achei pra comprar ou tenho, eu simplesmente não descanso até encontrar "a edição".
Foi isso que aconteceu com a trilogia fronteiras do universo, eu morria de vontade de ler há anos, porém tinha muita dó de comprar as edições atuais com a capa do filme (sério porque fazem isso?), até que um dia fui em uma livraria linda em Campo Grande e decidi que não poderia sair de lá sem comprar um livro, o escolhido foi a Bússola de Ouro, edição de bolso mesmo.


Logo me apaixonei pela história, o livro conta as aventuras de Lyra uma menina órfã que foi criada na Universidade de Oxford em um mundo onde os humanos possuem "daemon", uma espécie de manifestação de sua própria alma em forma de animal. Um dia, em meio as suas travessuras, Lyra descobre a existência de uma substância misteriosa: o pó e parte para uma jornada para entender o que é e acima de tudo, quem ela é.
Nos seus três livros, Philip Pullman aborda assuntos pesados como a fé cega, a cobiça humana e o verdadeiro amor, intercalando com momentos sutis e doces.
Por conter críticas à Igreja Católica o Vaticano declarou que o filme baseado no primeiro livro da trilogia fora o livro menos católico do ano de seu lançamento, entretanto não acho que isso seja um motivo para deixar a leitura de lado, pelo contrário, ver o que acontece no mudo de Lyra nos faz entender o que poderia acontecer no nosso mundo .



Após ler a Bússola de Ouro, achei as continuações par ao kobo e li a trilogia em um fôlego, ao terminar percebi que não queria me afastar desse universo e comecei a releitura imediatamente (quase nunca faço isso).
E já que a série se tornou uma queridinha resolvi procurar as edições antigas na Estante Virtual, achei  os dois primeiro e apesar de um pouco caro, não me arrependi. As ilustrações são lindas e em cada começo de capitulo existe uma figurinha, um cuidado só. Se você também quiser comprá-las e só procurar pelo ano de publicação: 2002, vale super a pena.


Teve, ainda, um filme inspirado no primeiro livro porém foi um fracasso de bilheteria e nunca houve sinal das continuações. Eu não assistir mas dizem que a adaptação não faz jus aos livros. Caso tenha ficado curioso tinha na Netflix disponível para asssistir ;)


E vcês já leram? O que acharam da trilogia? E o filme? Só sei que se tornou um dos meus livros da vida x3 e eu vou atrás de outras obras do autor, sei que existem mais dois livros que se passam no Universo dessa saga.
Um beijo


 

Coisas Frágeiis Copyright © 2012 Design by Amanda Inácio Vinte e poucos